Os álbuns do Queen nos anos 80 #1

Trago de volta a série de análise dos álbuns ao longo das décadas. Como fiz da outra vez, irei dividir esta série em duas partes. Hoje falaremos sobre os anos 80, época maravilhosa, que rendeu inúmeros álbuns bacanérrimos do Queen.

The Game – 1980

R-7544097-1443720745-3448.jpeg

Podemos dizer que o Queen sempre foi mestre na arte de se permitir conhecer novos ritmos e incorporá-los ao trabalho da banda. Assim como nos anos 1970, em que apresentavam um som mais “cru” e “agressivo”, em 1980, os músicos apostaram na mistura do pop e o hard rock. Com o lançamento de “The Game”, oitavo álbum de estúdio, o single, “Another Bites The Dust” bombou nas rádios da época,  graças ao Rei, Michael Jackson, amigo próximo de Freddie, que um tempo antes aconselhou os integrantes: “Vocês tem que lançar esta música, será um sucesso, sem dúvidas”. Dito e feito! Outros dois clássicos do rock que se destacaram foram “Crazy Little Thing Called Love” e “Play The Game”.

 

Flash Gordon – 1980

413It+sKZpL

 

No mesmo ano, os músicos decidiram investir também em outro segmento até então pouco explorado pelas bandas. E assim, o álbum “Flash Gordon” nasceu. Um projeto totalmente diferente de tudo que a banda havia feito até então. Uma curiosidade é que esta foi a primeira vez em que os integrantes entraram em um estúdio para produzir toda a trilha sonora de um filme para o cinema.

Hot Space – 1982

R-373176-1408006503-7978.jpeg

Após o lançamento de dois álbuns muito bem sucedidos, as coisas passaram a desandar para a banda. Os desentendimentos por conta de questões criativas começaram a afetar o relacionamento entre os músicos, o que resultou em um dos álbuns mais criticados pelos fãs. Ao contrário de “The Game”, o disco trouxe músicas com uma pegada mais dance e pop. Sai as harmonias e entram os sintetizadores. Uma das únicas músicas que realmente fez sucesso com a galera foi “Under Pressure”, parceria do Queen com David Bowie.

The Works – 1984

R-371953-1382876782-1184.jpeg

Após o fracasso de “Hot Space”, a banda entrou em estúdio novamente em 1983 para produzir o décimo primeiro álbum, que felizmente trouxe vários hits como “I Want To Break Free”, “Radio GaGa” e “Hammer To Fall”. O disco marcou o retorno triunfal do Queen e a pegada rock’n’roll do começo da carreira. As guitarras ganharam espaço novamente e tudo começou a fluir. Passado o mal estar dos anos anteriores, os músicos pareciam renovados e demonstraram maior entusiasmo para este trabalho.

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Especiais e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s